26 maio 2017

Últimos Doramas #1

design: canva

O título desta série de posts é "últimos doramas", mas na verdade este primeiro post será mais de "os doramas que vi até agora", porque ainda vi pouquinhos (ao contrário da Aléxia que, sem exagero, já deve ter visto uns 100). Mas os próximos posts da série serão legitimamente sobre os 'últimos', sim? Até porque eu planeio ver muitos mais doramas do que já vi até agora, porque doramas são vida. <3 Já agora, podem explorar um pouco a minha lista de doramas no meu MyDramaList.



• The Master's Sun

Primeiríssimo dorama que eu vi na minha modesta vida, e mudou-a por completo. Apaixonei-me por este dorama e pela ideia de ver doramas em geral. Não é genial, mas eu adorei-o do fundo do meu coração. É sobre uma moça que vê espíritos, depois de ter estado em coma, e que tem medo deles. E sobre um CEO milionário que é arrogante e frio. O que os liga é o facto de que, quando ela toca nele, os espíritos desaparecerem, então ela passa a... bem, a persegui-lo. Só que ele não acha muita piada a isso, então a coisa desenvolve-se daí. É engraçado e adorável em partes iguais, com alguns pequenos sustos e fantasmas feios pelo meio. Ainda hoje eu adoro tudo o que sejam doramas onde esteja a atriz principal - aliás, o meu dorama favorito de todos os tempos é com ela (ámen Seul Gi).

• Surplus Princess

Segundo dorama que eu vi e, não é tão bom quanto o anterior, mas é ótimo para quem quer ver algo leve e engraçado. É uma espécie de adaptação (muito) cómica d'A Pequena Sereia, só que em vez de um príncipe, temos um chef de televisão; e em vez de ela ir para o palácio dele, vai trabalhar com ele. Ah, também existe wifi debaixo de água, só para que conste. Em cima disso tudo, ainda temos uma casa cheia de gente (muito doida) e a minha segunda atriz favorita (que também entra em quase todos os doramas de que eu gosto...).


• Flower Boy Next Door

Com a gloriosa Park Shin Hye (a Aléxia fez um post com as melhores personagens da Park Shin Hye, porque a Aléxia é apaixonada por essa atriz desde que eu a conheço como gente), este é daqueles doramas agridoces que também são cómicos. Temos uma revisora editorial que tem fobia social, um vizinho bonito que ela gosta de vigiar (cof cof stalker cof) e o irmão desse vizinho que a apanha com a mão na massa. E a história desenvolve-se a partir do momento em que  esse irmão (Henrique) apanha a moça e decide que quer fazer-lhe a vida negra.


• Marriage Not Dating

Se há dorama que se encaixa mesmo, mesmo bem na categoria de comédia romântica, é este. É sobre um mulherengo e a ex-namorada do amigo desse mulherengo; também é sobre a família dele, que exige que ele se case rapidamente. Então, junta-se ao útil ao (des)agradável e esses dois decidem fazer de conta que estão noivos para se libertarem das gentes chatas. O problema é que eles, bem... não se suportam. É cliché, mas é realmente engraçado, garanto.


• Ex Girlfriend Club

Outra comédia romântica, mas esta é um pouco mais desastrosa. Isto, porque o senhor escreveu um filme inspirado em todas as suas ex-namoradas, e a realizadora vai ser uma delas. Mas rapidamente as outras todas descobrem e vêm tirar satisfações. Depois, decidem que querem todas ter uma parte na realização do filme, e vira o caos. Tem algum drama expectável, mas, fora isso, é cómico.


• The Time We Were Not in Love

Não é dos meus favoritos, mas é fofinho. A típica história dos melhores amigos que se incomodam com os namorados um do outro, até perceberem que na verdade estão apaixonados (e que prometerem jamais se apaixonarem um pelo outro). Tem um desenvolvimento interessante.


• It's Okay, That's Love

O meu dorama favorito de todos os tempos e duvido que alguma vez venha a ser destronado. É com a atriz de Master's Sun e, um ano depois de o ter visto, a banda sonora ainda me faz quase lacrimejar. Também tem o Do dos EXO, o que é importante referir. É sobre um psiquiatra e um escritor, e uma série de pessoas com várias tipos de doenças psiquiátricas, e sobre a amizade do escritor com um jovem descalço. Mais ou menos a meio tem um plot twist descomunal - do tipo que nos faz chorar as pedras da calçada. Todo o desenvolvimento é absurdamente interessante e ele agarrou-me mesmo muito. Além disso, tem a melhor banda sonora que já ouvi num dorama desde sempre e, como eu já disse, ainda hoje ouvir as músicas me faz emocional.

• EXO Next Door

Um dorama super pequenino, com os membros dos EXO. Os EXO mudam-se para uma cava nos subúrbios durante os tempos e a sua vizinha é uma mega fã, mas também é mega tímida. Entretanto, a mãe dela é a dona da casa para onde eles se mudaram, e obriga-a a ser a empregada de limpeza deles. O problema é que Chanyeol é meticuloso e arrogante (tudo a ver com o Chanyeol verdadeiro, #sóquenão), e a maioria dos outros membros são apenas desarrumados e adoram provocá-la. É sobre um Do fofinho e meigo que se torna amigo dela, um Sehun um tanto idiota que se torna amigo do irmão dela, e sobre uma grande confusão no meio disso tudo. Tem poucos episódios e cada episódio só tem 15 minutos, por isso vê-se bem. É ótimo para quem quer conhecer o EXO, apesar de alguns membros (como o Chanyeol) serem diferentes da realidade. Mas dá para ir aprendendo os nomes. Ps: é com os EXO 9, e não com os EXO 12, infelizmente. *cries*


• She Was Pretty 

O dorama que me deu a conhecer aquele que é, agora, o meu ator favorito. E, também, o dorama que me deu a conhecer o cabelo mais bonito do mundo, que pertence a esse dito ator (antes de saber o nome dele, eu e a minha irmã chamavamos-lhe "o senhor do cabelo bonito"). É sobre dois amigos de infância e que não se vêm desde pequenos e se reencontram, só que com um grande senão: em pequenos, ela era bonita e ele era 'feio'. Agora, os papeis inverteram-se e ele tornou-se num moço bonito e de sucesso, e ela uma moça 'feia' (#sóquenãoné) e desamparada. Quando se reencontram, ele não a reconhece e ela decide manter a sua identidade em segredo. Entretanto, ele torna-se o patrão dela, e ela passa a ter muito trabalho em evitar que ele descubra quem ela é. Ah, também tem o Siwon dos Super Junior, que é excêntrico e adorável, e a minha personagem favorita.


estas classificações são completa e absolutamente pessoais, refletindo a minha opinião e não as classificações oficiais.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Disclaimer

Todos os conteúdos aqui apresentados têm os direitos reservados aos respetivos autores. À partida, todos os textos neste blog são da autoria de Rafaela Silva, Aléxia Oliveira e Mónica Simão, exceto em referência contrária, e não devem ser reproduzidos, adaptados ou copiados de forma alguma sem consentimento prévio. Todas as fotografias com marca de água de Rafaela Silva ou RS Fotografia e Design têm os direitos exclusivos de Rafaela Silva. As fotografias com a marca d'água de Lemao Doce ou Limão Doce pertencem exclusivamente ao blog. E todas as imagens não assinaladas pertencem aos respetivos autores e provavelmente virão de sites dedicados a imagens de stock (ver: 'Recursos')
Com tecnologia do Blogger.

Seguidores

Google+ Followers